Reviews

Análise: Galaxy S9 vale a pena em 2021?

A série Galaxy S9 chegou ao mercado com a proposta de corrigir os erros do deu antecessor. Com o chipset Snapdragon 845, melhorias nas câmeras e design similar ao S8, o aparelho foi um dos grandes sucessos de venda da Samsung. Mas será que ainda vale a pena comprá-lo em pleno 2021? Descubra abaixo na nossa análise!

PONTOS POSITIVOS

Câmeras

Quando chegou ao mercado, o Galaxy S9 teve como principal missão de entregar câmeras de excelente qualidade. Para quem não se lembra, ele vem equipado com apenas um sensor traseiro de 12MP, enquanto o Plus traz uma configuração de câmera traseira dupla com sensores de 12MP + 12MP. Além disso, as câmeras possuem abertura variável entre f/ 1.5 e f/2.4, estabilização óptica de imagens e vídeos em 4K a 60 FPS.

Como visto, os aparelhos ainda são capazes de tirar excelentes fotos com sua câmera nativa. No entanto, caso você ainda queira resultados melhores, poderá instalar alguma versão do Google Câmera (Gcam) compatível.

Desempenho

Falando sobre desempenho, ambos os aparelhos ainda são capazes de agradar até mesmo os usuários mais exigentes. Como citado no começo, a versão brasileira veio com o poderoso processador Snapdragon 845 (4x 2.8 GHz Kryo 385 + 4x 1.7 GHz Kryo 385). Além disso, o modelo Plus oferece nada menos 6GB de RAM junto com 128GB de armazenamento interno.

Na prática, você poderá abrir rapidamente os programas e apps casuais como redes sociais. Além disso, a GPU Adreno 630 consegue ainda rodar até mesmo os jogos mais pesados com qualidade gráfica impecável. Para efeitos de comparação, o modelo Plus alcançou uma média de 356.000 pontos no AnTuTu, pontuação acima de muitos aparelhos intermediários atuais.

Design e Construção

Assim como o Galaxy S8, a série S9 também agradou em design, mantendo o display curvo e poucas bordas para a época. O aparelho também agradou por trazer construção em vídeo, laterais em alumínio e certificação IP68 (recurso inexistente em aparelhos usados comprados pela Trocafone).

Tela & Sistema

Mesmo sendo um aparelho com 3 anos de mercado, o Galaxy S9 Plus ainda oferece uma tela de qualidade incrível. O display do modelo regular possui 5.8 polegadas, enquanto o Plus conta com 6.2 polegadas. Ambos possuem resolução 1440 x 2960 pixel e tecnologia Super AMOLED.

Na prática, os aparelhos conseguem reproduzir vídeos e jogos com qualidade de imagem impressionante. O nível de brilho também agrada, mesmo sob forte luz do sol. No entanto, se usado sempre na máximo, drenará a bateria com mais rapidez.

Veja também:

Já em sistema, a série S9 contam atualmente com o Android 10 sob a interface One UI 2.5. Infelizmente, trata-se da última versão de sistema disponível para esses modelos, que não receberão mais atualizações de Android. Contudo, a One UI 2.5 presente ainda consegue oferecer recursos como pasta segura para guardar fotos e vídeos, Samsung Pass e vários outros recursos embarcados na interface da Samsung.

PONTOS NEGATIVOS

Voltando a falar sobre as câmeras, um dos pontos negativos da série S9 está no quesito Selfie. No caso, o sensor frontal possui apenas 8MP, algo que pode desagradar usuários mais exigentes.

Outro ponto negativo da série S9 é em termos de bateria. O S9 Plus possui uma bateria de 3.500mAh, enquanto o modelo regular cai para apenas 3.000mAh. Como resultado, a baixa capacidade de ambas as baterias não deve agradar usuários que utilizam bastante o smartphone, que não conseguem ficar nem mesmo 1 dia longe das tomadas.

Vale a pena comprar em 2021?

E agora, será que vale a pena investir em um Galaxy S9 ou S9 Plus? Bem, tudo vai depender do preço que você encontrá-los no mercado e das suas prioridades. Como visto, a dupla de smartphones ainda entregam telas de ótima qualidade, desempenho incrível e câmeras principais que agradam. Se isso for importante no seu caso, sim, vale a pena comprá-los neste momento. Contudo, se você presa por mais bateria, atualizações de sistema e selfies com maior qualidade, existem outras opções melhores e mais novas no mercado atual.

Felipe Lupetti

Focado na área da tecnologia e Smartphone, 29 anos e redator do site Tudo em Tecnologia.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo