Notícias

União Europeia desconfia do Android

A União Europeia está desconfiada do Android e começa a investigar se fabricantes e operadoras estão dificultando a vida dos concorrentes mantendo acordos para usarem a plataforma móvel do Google. O Google já está na “mira” da equipe de antitruste da União Europeia há três anos, por suspeitas de privilegiar seus próprios serviços e posicionando os respectivos rivais bem abaixo em seu sistema de pesquisa online.

O Canalys diz que a participação do iOS, da Apple, e o Android, do Google, domina 60% do mercado. O órgão de investigação antitruste europeu recebeu várias reclamações sobre esse domínio do Google, por usar o tráfego de dados de aparelhos com Android para sua rede de busca, e duas empresas incentivaram bastante que a investigação ganhasse mais força, a Microsoft e a Nokia, que reclamaram ao órgão em Abril de 2013.

As suspeitas são se existe algum termo ou cláusula em contratos com o Google para usar o Android que impediria de que fabricantes de celulares e empresas de telecomunicação para limitar ou impedir que eles lancem outros dispositivos que não possuam Android. Tendo acesso as acusações, Al Verney, porta-voz do Google, diz que “o Android é uma plataforma aberta que promove a competição. Os fabricantes de celulares, operadoras e consumidores decidem como utilizar o Android, incluindo os aplicativos que usarão”.

Via: G1

Fonte da imagem: Reprodução/Google

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo