Reviews

Análise: Galaxy M62 com bateria de 7.000 mAh vale a pena?

Após o grande sucesso de vendas do Galaxy M51, a Samsung deu mais um passo e oficializou no Brasil o Galaxy M62. No papel, a ficha dele é bem atraente, incluindo uma bateria de 7.000 mAh e chipset potente. Mas será que vale a pena investir o seu dinheiro nesse aparelho? Confira abaixo a nossa análise completa!

Design & Desempenho

Design é algo muito particular na hora da escolha de um novo celular. Afinal, o que é bonito para alguns pode não agradar outros. Nesse sentido, o Galaxy M62 traz um acabamento todo em plástico com um acabamento brilhante que deixa muitas marcas de dedo. No entanto, o problema pode ser facilmente resolvido com uma capa protetora.

Veja também:

Em termos de desempenho, o Galaxy M62 trabalha com um processador Exynos 9825, o mesmo visto no Galaxy Note 10 Plus. Como resultado, apresenta uma resposta extremamente rápida no dia a dia para abrir apps e alternar entre eles. Além disso, a Samsung adicionou 8GB de memória RAM, conjunto que oferece um desempenho incrível em jogos e multitarefas.

Tela & Câmeras

Outro ponto forte desse smartphone é sua tela. Sua ficha técnica traz um painel de 6.7 polegadas Full HD+ com tecnologia Super AMOLED Plus. Ao ligá-lo, já percebemos a excelente qualidade da tela, que entrega cores bonitas e mais realistas. Além disso, o tamanho avantajado é ideal para ver suas fotos, vídeos e séries. Como “ponto negativo”, esse modelo não tem taxa de atualização de 90 Hz, algo já visto em modelos mais baratos como o Galaxy A32.

Passando para as câmeras, nós temos os mesmos sensores já vistos no mais antigo Galaxy M51. Ele traz uma lente principal de 64MP que faz boas fotos e agrada ao gravar vídeos em 4K, mas limitado a 30 FPS. Já a câmera para selfies de 32MP também agrada, capturando fotos nítidas e com qualidade satisfatória na maioria das situações. Certamente, sentimos falta de um sensor dedicado para zoom e estabilização óptica de imagem.

Bateria & Sistema

Obviamente, o grande ponto de destaque nesse modelo é sua bateria gigante. Afinal, são nada menos que 7.000 mAh de capacidade, capacidade bem acima de modelos concorrentes no Brasil. Ao usar isso na prática, temos bateria para 2 ou 3 dias de uso. Curiosamente, a autonomia do M62 ultrapassou inclusive o que vimos no Galaxy M51, que traz a mesma capacidade de bateria. Para mais detalhes, recomendamos assistir o vídeo abaixo!

Sobre sistema operacional, o Galaxy M62 sai da caixa com a interface One UI 3.1 baseada no Android 11. Algo que nos agradou bastante é que a versão da One UI desse modelo é a completa, ou seja, não é a One UI Core usada no M51 que não possui tantos recursos. Como resultado, temos aqui recursos úteis como o Samsung Pass, Pasta Segura e Bixby e Samsung Pay completo. Além disso, a interface é rápida e bem fluida.

Conectividade

Como toda fabricante, a Samsung teve que cortar gastos para entregar com vários recursos avançados cobrando por um preço mais baixo. E é em conectividade que sentimos isso, uma vez que o Galaxy M62 não traz som estéreo como outros modelos da sua faixa de preço. Apesar de não ter uma qualidade ruim, a saída única de áudio não fornece a mesma experiência de uso em jogos se comparado com áudio estéreo. Por outro lado, o modelo inclui uma gaveta dedicada para microSD e duas entradas para chip de operadora.

Vale a pena o investimento?

O Galaxy M62 chegou ao Brasil com preço de lançamento em torno de R$ 2.500. Mas como já é de costume em aparelhos da marca, o modelo teve uma queda rápida de preço nas últimas semanas, podendo ser encontrado hoje na faixa de R$ 1700. Sem dúvidas, vale muito a pena o investimento, principalmente para quem procura alto desempenho e duração de bateria. E de quebra, ainda oferece uma ótima tela, sistema operacional completo e câmeras que não decepcionam. Portanto, nós do Tudo em Tecnologia recomendamos esse produto!

Felipe Lupetti

Sou um entusiasta da tecnologia, especialmente em smartphones.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo