Correios: Nova greve é convocada para 18 de Agosto

blank
Imagem: Tecmundo

Ao que parece, teremos mais uma greve dos Correios nos próximos dias. Segundo informações obtidas pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a estatal já encontra-se atualmente em “estado de greve”. No entanto, ainda serão realizadas reuniões regionais no próximo di 17 de Agosto para confirmar a greve.

De acordo com o que foi revelado pela Fentect, os Correios não cumpriram um acordo coletivo com vigência até o próximo ano. Como resultado, funcionários estariam insatisfeitos por terem descontos indevidos em seus contracheques. Além disso, os Correios estariam supostamente descumprindo as normas de segurança em relação à pandemia.

Infelizmente, a Fentect afirma que existe um “descaso e negligência da empresa com a vida de trabalhadores e clientes”. Inclusive, os sindicatos já abriram disputas judiciais devido à negligências contra falta de itens de segurança, como sabonete, álcool em gel, limpeza nas agências e testes de coronavírus para funcionários.

blank

Veja também:

Já cientes da situação, os Correios ainda não se manifestaram sobre o assunto. Contudo, vale notar que uma proposta de acordo já foi apresentada na semana passada a fim de evitar a greve. Além disso, afirmaram o seguinte em uma entrevista dada ao Canaltech: “Tendo em vista a realidade financeira da empresa, com um cenário de dificuldades que tem se agravado a cada ano que passa, os Correios precisam se adequar não só ao que o mercado está praticando, mas, também, ao que está previsto na legislação”, afirma a estatal. “Com a pandemia, surgiram ainda novos desafios de adaptação para a empresa continuar prestando serviços com qualidade e segurança para todos, além de mudanças na característica de obtenção de receita”.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.