Homem Aranha fora do MCU? – Agenda de Kevin Feige teria sido o motivo de sua saída da produção segundo a Sony

Em meio à polêmica recente envolvendo os filmes do amigão da vizinhança, a Sony tomou, oficialmente, uma posição a respeito da saída de Kevin Feige da produção dos filmes. O comunicado não cita a saída do personagem do MCU, tampouco fala sobre um acordo financeiro entre as empresas (Disney e Sony), além de culpar a agenda de Feige por sua saída.

“Muitas das notícias de hoje sobre Homem-Aranha têm descaracterizado as recentes discussões sobre o envolvimento de Kevin Feige na franquia. Estamos decepcionados, mas respeitamos a decisão da Disney de não ter ele como principal produtor do nosso próximo filme live-action do Homem-Aranha. Esperamos que isso mude no futuro, mas entendemos que muitas das responsabilidades que a Disney deu para ele – incluindo as novas propriedades da Marvel – não lhe dão tempo para trabalhar em propriedades que não são deles. Kevin é incrível e somos gratos por sua ajuda e orientação e prezamos o caminho que ele nos ajudou a encontrar e que continuaremos a seguir”. 

Diz Sony

Segundo informações do portal Deadline, a Disney queria a divisão do valor dos futuros filmes meio a meio, com conversas para outros filmes no universo do herói. Tal oferta foi recusada pela Sony, que não quis entrar em negociações de novos valores para a sua maior franquia – Homem-Aranha: Longe de Casa arrecadou cerca de US$ 1,109 bilhão mundialmente, superando 007 – Operação Skyfall e tornando-se a maior bilheteria da Sony. A empresa planejava manter o acordo atual em que a Disney recebe cerca de 5% dos valores de bilheteria desde o lançamento do filme, o que, obviamente, foi recusado pela mesma.                

Tom Holland provavelmente não se pronunciou sobre o assunto por questões contratuais, mas ganhou o apoio de vários astros de Hollywood, como Ryan Reynolds e Jeremy.

A Sony teria contrato para produzir mais dois filmes do “cabeça de teia” com Tom Holland no papel principal e Jon Watts a cargo da direção. Apesar do comunicado emitido pela Sony, ainda não há informações mais concretas a respeito da saída do herói do MCU ou mesmo se existe a possibilidade de algum tipo de acordo individual que viabilize a participação do aranha em outros filmes da Marvel Studios, como um novo filme de Vingadores, por exemplo. A saída de Feige pode significar uma certa liberdade para que a Sony possa misturar a versão de Tom Holland como Homem-Aranha com outras propriedades do universo do herói, como Venom e Morbius.

Não como prever o que virá a seguir, nem mesmo se haverá maiores consequências ou mesmo um improvável acordo entre as empresas. O assunto ainda deve render inúmeras discussões. 

Veja também:

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo