Motorola Razr: Teste de durabilidade mostra fragilidade

blank

Muitos foram pegos de surpresa quando a Motorola anunciou o retorno da sua famosa e clássica linha Razr de smartphones. No entanto, o preço cobrado pelo produto de R$ 8999 assustou a maioria, que tenta encontrar motivos para um preço tão salgado.

Diante de um produto tão caro, as poucas pessoas que poderão comprá-lo devem estar se perguntado: Será que a dobradiça do Razr 2019 é durável? Como sabemos, esse tipo de tecnologia ainda é nova no mercado. Além disso, vale notar que a Samsung teve sérias dores do cabeça ao lançar o Galaxy Fold, que trouxe diversos problemas em termos de durabilidade.

Pensando nisso, a conceituada CNET colocou o Motorola Razr à prova de testes de durabilidade. Para isso, a equipe instalou o aparelho em uma máquina FoldBot com a intenção de mostrar ao público o Razr sendo dobrado 100.000 vezes. Curiosamente, o smartphone dobráve da Motorola se mostrou muito frágil, uma vez que conseguiu suportar se dobrar 27.000 vezes.

Como podemos ver no vídeo, a tela continuou funcionando e é possível forçar o fechamento da tela. No entanto, isso poderia se tornar um problema ainda maior com o passar do tempo. Além disso, Embora 27.000 vezes pareça muito, um estudo constatou que os americanos costumar olhar seu smartphone cerca de 52 vezes por dia. Dessa forma, o Motorola Razr 2019 poderá apresentar problemas na sua dobradiça em cerca de 1 ano e meio apenas.

Principais Características:

  • Tela: Interna OLED de 6,2″ e externa de 2,7″
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 710 octa-core rodando até 2,2 GHz
  • RAM: 6 GB de memória RAM
  • Armazenamento nativo: 128 GB
  • Câmera principal: 16 MP com sensor IMX519, abertura de f/1.7 e modo Night Vision
  • Câmera secundária: 5 MP
  • Bateria: 2510 mAh
  • Sistema Operacional: Android 9 Pie com atualização garantida para o Android 10
  • Segurança: Sensor de digitais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.