Pesquisar
Close this search box.

UMIDIGI S3 Pro: Sensor Sony de 48 MP promete fotos incríveis

Após anunciar o F1, a chinesa UMIDIGI está se preparando para lançar seu mais novo flagship acessível, o S3 Pro. O dispositivo terá como principal destaque sua câmera traseira, que contará com o mais avançado sensor IMX586 de 48MP da Sony.

Agora, as primeiras amostras de câmera do UMIDIGI S3 Pro surgiram online. Como você poderá notar, o dispositivo conseguiu se sair muito bem em todos os tipos de ambientes de iluminação. No entanto, recomendamos que você utilize um computador desktop para analisar melhor as imagens.

Para quem não sabe, esse sensor IMX586 é capaz de alcançar 48 milhões de pixels reais. Além disso, oferece pixels de 0,8 mícron em boa iluminação, além de combinar os pixels vizinhos para ser o equivalente a uma foto de 12 MP tirada com pixels maiores de 1,6 mícron. Dessa forma, até mesmo as fotos noturnas terão qualidade excelente.

De acordo com um novo vazamento, o UMIDIGI S3 Pro incluirá um lindo acabamento em cerâmica. Assim, promete ser bastante resistente. Além disso, ele manterá a entrada padrão para fones de 3,5 mm, que faz falta em outros dispositivos hoje em dia.

Dentre outras configurações, o UMIDIGI S3 Pro incluirá uma tela de 6.3 polegadas FHD + waterdrop. Além disso, virá equipado com um processador Helio P70, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. Outras configurações incluirão um sensor de digitais traseiro, Android 9.0 e uma generosa bateria de 5150mAh.

Em termos de disponibilidade, o UMIDIGI S3 Pro será anunciado oficialmente no final de Janeiro. Assim, novos detalhes como o preço serão divulgados nos próximos dias.

Publicado por:

Picture of Felipe Lupetti

Felipe Lupetti

Sou um entusiasta da tecnologia, especialmente em smartphones.

Comentários:

Deixe um comentário

Últimas Notícias
Notícias

O lado sombrio da IA: saiba quais os riscos do deepfake

Notícias

Infinix Zero 40 4G aparece em certificação antes do lançamento

Dicas

3 celulares da Motorola que fazem muito sucesso na Amazon

Notícias

Shopee e AliExpress antecipam cobrança da “taxa das blusinhas”