Notícias

Itaú começa a cobrar tarifa por Pix

Quanto o Pix foi lançado, esse meio de pagamento se destacou entre os brasileiros por não cobrar nenhuma tarifa em transações bancárias. Desde então, os principais bancos do Brasil e outras grandes varejistas online começaram a aceitar essa forma de pagamento. Mas agora, clientes do banco Itaú terão que pagar taxas extras caso queiram desfrutar desse serviço.

De acordo com o que foi revelado, as taxas cobradas pela instituição podem chegar até R$ 9,60. Na verdade, ela já entrou em vigência desde o mês passado, segundo informações da “Tabela Geral de Tarifas-Empresas. Segundo consta, o usuário poderá pagar taxas que variam entre R$ 1,75 até R$ 9,90, de acordo com o valor da transferência realizada.

Embora seja uma taxa baixa em comparação com outras modalidades, essa decisão do ITAÚ pode não agradar os milhares de clientes do banco. No entanto, vale notar que essa mudança se aplica atualmente apenas para pessoas jurídicas. Ou seja, os serviços do Pix seguirão totalmente gratuitos para pessoas físicas.

Veja também:

Para quem não sabe, o Pix começou a valer em todo o território nacional em 3 de Novembro de 2020. Desde então, esse serviço está permitindo pagamentos e transações bancárias 24 horas por dia, sete dias por semana. Além disso, também economiza tempo, uma vez que os pagamentos são realizados de forma instantânea, caindo na conta da outra pessoa ou instituição segundos após a realização do pagamento.

Felipe Lupetti

Focado na área da tecnologia e Smartphone, 29 anos e redator do site Tudo em Tecnologia.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo