Notícias

Samsung começa a liberar Android 11 com One UI 3.1 para o Galaxy M51

A empresa Sul Coreana Samsung continua em alta mesmo com diversas novas empresas em crescimento pelo mundo. Falando sobre smartphones, a empresa é conhecida por lançar várias modelos no mercado, que variam de aparelhos básicos até topos de linha. Um dos destaques em vendas é o Galaxy M51, que está agora recebendo a esperada atualização do Android 11 com a interface One UI 3.1.

O smartphone foi lançado em Setembro de 2020 com o sistema Andriod 10. Mas agora, os proprietários desse aparelho na Rússsia estão sendo contemplados com a mais atual versão do Android, versão lançada inicialmente nos emblemáticos aparelhos da série S21. No entanto, vale lembrar que nem todos os recursos vistos nos aparelhos mais caros estão presentes no M51.

Veja também:

Segundo informações obtidas pelo site SamMobile, a nova atualização do M51 não só traz o novo Android 11, como também adiciona o novo patch de segurança de Março de 2021. Além disso, chega com o número de versão M515FXXU2CUB e está costumeiramente sendo liberada por lotes. Portanto, deverá demorar algum tempo até que esteja disponível para todos os usuários.

De qualquer forma, caso você queira ir verificando sua disponibilidade, poderá fazer isso facilmente. Siga esse caminho: Configurações> Atualização de software.

Principais Caracteristicas:

  • Tela: 6,7 polegadas Super AMOLED Plus, com resolução Full HD
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 730
  • RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB
  • Câmera traseira: quádrupla, 64 + 12 + 5 + 5 MP (principal, ultrawide, macro, profundidade)
  • Câmera frontal: 32 megapixels
  • Bateria: 7.000 mAh, carregador com fio de 25 W
  • Outros: leitor de digital lateral, USB-C, dual chip
  • Cores: branco e preto
  • Sistema operacional: Android 10 com atualização garantida para o Android 11

Via
GSMArena
Fonte
SamMobile

Felipe Lupetti

Focado na área da tecnologia e Smartphone, 29 anos e redator do site Tudo em Tecnologia.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo