Suposta doença mais letal que o Coronavírus não passou de um engano

blank

Com os últimos acontecimentos mundiais, fica cada vez mais evidente o fato de que não devemos acreditar em tudo o que lemos na internet. Recentemente, surgiram notícias de que uma suporta pneumunia mais perigosa do que a COVID-19 já estaria em circulação e teria feito cerca de 1.700 vítimas fatais. No entanto, tudo não passou de um erro de tradução chinesa.

Segundo informações obtidas por Wenxin Fan, jornalista do Wall Street Journal e especializado na cobertura da região asiática, essa “tradução descuidada” incluiu a palavra “desconhecida”. No entanto, a mídia mais do que rapidamente começou a assustar leitores no mundo todo e nem “se deram ao trabalho de checar” se a informação era verídica. Além disso, o Ministério da Saúde do Cazaquistão também desconhece esse tipo de vírus mais letal que o coronavírus.

blank

Veja também:

Apesar da notícia ser boa, vale notar que esse relato não possui nenhuma relação com a nova doença H1N2, variante da Influenza A recém relatada. Poucos dias atrás, alguns estudiosos chineses relataram a existência do vírus e inclusive, um brasileiro já teria sido infectado por ele, de acordo com a Fio Cruz. Seja qual for o caso, manter as medidas de distanciamento social e higiene são os métodos mais eficázes contra o avanço de pandemias como o coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.