Comparativos

Xiaomi Poco F3 vs Poco X3 Pro: Qual a melhor escolha?

Enquanto outras fabricantes de smartphones lançam modelos caríssimos no mercado, a Xiaomi segue investindo em modelos de médio alcance que oferecem vários destaques a preços acessíveis. Meses atrás, a empresa lançou os modelos Poco F3 e Poco X3 Pro, ambos com ficha técnica bem interessante. Mas afinal, qual dos dois é a melhor opção para você? Descubra abaixo em um breve comparativo.

Construção & Bateria

Falando em construção, o Poco F3 se sai melhor que seu companheiro por ter uma parte traseira em vidro, material considerado melhor que o plástico usado no X3 Pro. A empresa também investiu mais no design desse modelo, que passa uma impressão de ser mais premium que o modelo mais barato. No entanto, ambos são bem atraentes aos olhos levando em conta a faixa de preço de cada um.

Em bateria, nós encontramos uma capacidade de 4.500 mAh no Poco F3 contra 5.160 mAh do Poco X3 Pro, enquanto ambos trazem carregamento rápido de 33W. Em testes práticos, notamos que a autonomia de bateria de ambos é bem similar, uma vez que a tela do F3 (AMOLED) gasta menos energia que o display do X3 Pro (LCD IPS). Como resultado, ambos são capazes de oferecer ao menos um dia de uso com apenas uma carga.

Conectividade & Desempenho

Existem diferenças importantes em termos de conectividade entre os dois modelos analisados. Como muitos sabem, o Poco F3 se beneficia por contar com suporte para redes 5G, uma vantagem a longo prazo para quem pensa em passar mais tempo com o mesmo aparelho. Por outro lado, o Poco X3 Pro tem a vantagem de expandir a memória interna, algo ausente no modelo mais caro. Além disso, ambos suportam chips Dual-SIM, infravermelho e som estéreo.

Veja também:

Sobre desempenho, o Poco F3 vem equipado com o mais poderoso chip Snapdragon 870 contra o Snapdragon 860 do X3 Pro. Ao compará-los na prática, notamos que a diferença de performance é quase nula no uso diário, ou seja, ambos vão abrir e rodar apps sem engasgos. No entanto, o Poco F3 leva a melhor no quesito gráfico, sendo uma opção mais recomendada para quem curte jogos.

Sistema & Câmeras

Um ponto que não encontramos nenhuma diferença entre esses dois smartphones foi o sistema utilizado. Em ambos os casos, a Xiaomi adicionou a interface MIUI 12.5 baseada no Android 11. Como resultado, compartilham de recursos embutidos como a possibilidade de duplicar apps, duplicar espaço (similar ao pasta segura da Samsung).

No departamento das câmeras, tanto o Poco F3 quanto o X3 Pro ostentam de uma câmera principal de 48MP com abertura f/ 1.8 e câmeras para selfies de 20MP. No entanto, o modelo mais caro possui uma câmera macro de 5MP, enquanto o mais barato traz um snesor mais básico de 2MP. Confira abaixo alguns exemplos de fotos tiradas com os dois smartphones:

Como visto, os dois modelos capturam boas fotos, mas não surpreendem como outros modelos do mercado com foco em câmeras. Em nenhum caso encontramos uma lente telefoto com zoom óptico e nem mesmo estabilização óptica de imagem. Contudo, isso nem sempre é um problema para aqueles que buscam um bom smartphone em termos de desempenho.

Tela

Tela é outra grande diferença entre o Poco F3 e o Poco X3 Pro. No caso do modelo mais caro, a Xiaomi apelou para um display AMOLED, que entrega cores mais vívidas e brilho diferenciado. Por outro lado, o Poco X3 Pro abriga uma tela IPS LCD, que apesar de não decepcionar, não impressiona como o modelo mais caro. De resto, ambas as telas são de 6.7″ com resolução Full HD+ e conta com taxa de atualização de 120 hz para maior fluidez.

Qual comprar?

Depois de analisar todos os departamentos, fica a questão: gastar mais pelo Poco F3 ou economizar com o Poco X3 Pro? Nós da equipe Tudo em Tecnologia chegamos a conclusão de que investir mais R$ 400 no Poco F3 valerá muito a pena por todas as vantagens que ele oferece. Afinal, conta com acabamento melhor, tela bem superior, processador mais rápido e câmeras ligeiramente melhores. Além disso, ele ele promete atender usuários que pensam em passar mais tempo com o mesmo smartphone.

Felipe Lupetti

Sou um entusiasta da tecnologia, especialmente em smartphones.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo